Cinquenta Sambas

Idealizado pelo músico/produtor Alfeu Júlio o evento acontece dia 16 de novembro no Almanaque Café com presença de grandes nomes da música de Campinas e renda do couvert artístico revertida para o Lar dos Velhinhos
 
Dia 16 de novembro, o Almanaque Café será palco de uma noite que promete ser uma das mais animadas de 2011. Vários músicos e grupos musicais se revezarão durante, aproximadamente, três horas, na festa/show “50 Sambas”.

A ideia partiu de Alfeu Júlio, da Almanaque Cultura e Comunicação que também é um dos integrantes do Grupo Bons Tempos, desde a sua fundação. “Completo 50 anos neste ano e estava com uma dúvida danada sobre como comemorar. Então, foi aparecendo na minha cabeça o formato da festa/show. Seriam cinquenta “sambas” (na verdade nem só sambas) cantados pelo Grupo Bons Tempos e por outros amigos queridos escolhidos a dedo para cantar cada uma das canções. Amigos com quem dividi as primeiras rodas de samba e outros que tive a felicidade de poder escutar ao longo desses anos. Fui fazendo os convites e a receptividade foi excelente. Não tive como convidar todos os amigos que eu gostaria ouvir cantando nessa noite. Iria “estourar” muito o limite de cinquenta sambas. Isso é um privilégio”, conta o produtor/músico, Alfeu Júlio.

Além do tradicional Grupo Bons Tempos, já confirmaram presença Brandini, Montone, Pezão, Adalberto (Piu), Albano Sales, Kha Machado, Monica Ávila, Serginho Carrara, Armandinho, Para Ver as Meninas (lançamento), Ding-dong, Tixa e o Trio Sereno. No repertório músicas de Ary Barroso, Dorival Caymmi, Jorge Aragão, Gilberto Gil, Paulinho da Viola, Chico Buarque, Zé Kety Noel Rosa, Geraldo Pereira, Sandália de Prata, entre outros.

Sobre o Trio Sereno, Júlio comenta: “Quando começamos a pensar em cantar, nós já ouvíamos o Trio, que tem como um dos participantes o “tio” Edgard Piccoli, pai do Caco, vocalista do Grupo Bons Tempos. O Trio Sereno tem ainda em sua formação Dauricy Martins e Jacy Azevedo, que nos presenteará com sua presença, aos 87 anos de vida – uma prova do bem que a música faz ao ser humano”.

Para que a transição entre um artista e outro seja rápida, a condução deste trabalho será feita pelo experiente Fernando Vasconcelos. “Tudo para que os amigos não músicos curtam muito esses cinquenta sambas que escolhi ao lado dos amigos músicos”, explica Alfeu.

Toda a renda gerada com o couvert artístico será doada para o Lar dos Velhinhos. “Isso deixará a noite ainda mais bonita”, completa o idealizador da festa/show. 
 
Serviço:
Festa/Show Cinquenta Sambas
Quando: Quarta-feira, 16 de novembro – 21 horas
Quanto: couvert artístico – R$ 15,00 (a renda será doada para o Lar dos Velhinhos)
Onde: Almanaque Café – Av. Albino José Barbosa de Oliveira, 1240
reservas ou mais informações: (19) 3249.0014
Músicos e grupos que participarão da festa/show 50 Sambas, em ordem alfabética:
Adalberto (Piu)
Albano  Sales
Armandinho
Brandini
Grupo Bons Tempos
Kha Machado
Mônica Ávila
Montone e Serginho Carrara
Para Ver as Meninas (lançamento)
Pezão e Ding-dong
Tixa
Trio Sereno


Caramba!! Eu não vou perder!Parece que vai ser demais!! rsrs


Deixe uma resposta.


-->