O FEMA chega à oitava edição com um público de mais de 10 mil pessoas e nomes do primeiríssimo time: João Donato e Trio, Marco Pereira & Toninho Ferragutti, Rosa Passos e Trio, Villa-Lobos Superstar (Pau Brasil & Ensemble SP), Trio Corrente e Swami Jr. Trio

Com novidade, o público poderá conferir a 8ª edição do Festival ETAPA de Música de Arte (FEMA), em Valinhos (SP), de 22 a 31 de agosto, em dois fins de semana que prometem movimentar a cena cultural. Além de valorizar e apresentar os grandes músicos brasileiros, mostrando o que há de melhor no circuito, o festival inova com a produção de dois shows com entrada gratuita.

Nesta edição, o curador Luiz Amaro destaca “instrumentistas do primeiríssimo time”: a genialidade de João Donato, um dos mais importantes músicos brasileiros em todos os tempos, a voz doce e o suingue de Rosa Passos e a original mistura instrumental de Toninho Ferragutti e Marco Pereira.

O toque erudito virá com “Villa-Lobos Superstar”, uma bela abordagem da música do nosso maior compositor, proporcionada pelos premiados Pau Brasil e Ensemble SP.

O jazz brasileiro estará muito bem representado pelo Trio Corrente, ganhador do Grammy de Jazz Latino. Por fim, o virtuosismo e a criatividade de Swami Jr. no violão de 7 cordas.

“Com este Festival, que já se tornou uma tradição e recebeu mais de 10 mil pessoas, o Colégio ETAPA pretende continuar contribuindo com a cultura da Região Metropolitana de Campinas, pois entendemos que o ensino e a cultura devem andar de mãos dadas, além de possibilitar a beleza da grande música aos muitos que já a apreciam e a tantos outros que esperamos passem a apreciá-la”, destaca o curador.

Novidades
Pela primeira vez, o festival promove dois shows com entrada gratuita: no dia 24, Rosa Passos e Trio, e no dia 31, Swami Jr. e Trio. Os ingressos devem ser retirados duas horas antes do início das apresentações, na bilheteria do ETAPA.

Para as demais apresentações, os ingressos custam R$ 30,00 e R$ 15,00, e podem ser adquiridos no ETAPA, localizado à avenida Dr. Antônio Bento Ferraz, 95 – Valinhos/SP, na FNAC do Parque Dom Pedro Shopping ou pelo Ingresso Rápido.

Os artistas
João Donato
O mestre está completando 80 anos de vida e 65 de carreira musical. Para comemorar, João Donato traz ao palco do Festival Etapa o espetáculo que sintetiza sua trajetória de grande músico de jazz, precursor da bossa nova e constante renovador da música brasileira.

Dos mais talentosos e originais entre os nossos grandes músicos e compositores, João Donato sempre foi moderno. Seu piano e seus arranjos estão presentes em boa parte da nossa melhor produção musical nos últimos 50 anos. Idolatrado por músicos e intérpretes dos mais variados estilos e gerações, a começar por Tom Jobim, que se dizia seu discípulo, sua música integra organicamente o jazz, o samba e os ritmos latinos em uma linguagem musical de grande personalidade.

Nascido no Acre, ainda muito cedo João Donato ganhou os palcos do mundo e já em 1959, vivendo nos Estados Unidos, se envolveu com os grandes artistas do jazz. Compondo, arranjando, liderando ou como instrumentista, trabalhou com as orquestras e grupos de Mongo Santamaria, Tito Puente, Chet Baker, Bud Shank, Oscar Castro Neves, Sérgio Mendes e muitos outros que fizeram a renovação do gênero naquela época.

Ganhador de 2 Grammy, Donato é parceiro de um sem número de artistas dos mais diversos estilos, inclusive de Gilberto Gil, com quem compôs canções como “A paz”, “Lugar comum”, “Terremoto” e “Emoriô”.

João Donato será acompanhado por seu Trio, formado por alguns dos melhores instrumentistas da atualidade: Robertinho Silva (bateria), Luiz Alves (contrabaixo) e Ricardo Pontes (sax e flauta).

Rosa Passos
Uma das maiores cantoras contemporâneas brasileiras e, provavelmente a cantora mais internacional do Brasil, Rosa Passos – de voz doce e afinadíssima – é dona de uma articulação rítmica comparada, nos Estados Unidos, a Ella Fitzgerald.

Cantora, compositora e violonista para além do rótulo de Bossa Nova, Rosa Passos é antes de tudo uma intérprete peculiar da boa MPB, com capacidade de improvisação do jazz, exigindo a música de qualidade com harmonia e melodia para “deitar e rolar”.

A artista se apresentou em mais de 35 países e se apresentou nos maiores teatros internacionais e festivais de jazz do mundo.

Girou o mundo em turnê com o grande violoncelista clássico franco-americano Yo Yo Ma, divulgando o CD “Obrigado, Brazil”, um dos maiores sucessos de venda mundial do famoso violoncelista. Apresentou-se em Paris com o grande Henri Salvador para uma plateia de 4 mil pessoas.

Com seu violão – sozinha no palco, em 2006, lotou o Carnegie Hall, em Nova York. Na China chegou a autografar 450 CDs numa única noite após uma sua apresentação. Já foi recebida e cantou para o Rei Juan Carlos, em Madrid; e mesmo artistas blockbusters como Halle Berry fazem fila para pegar seu autógrafo, após as suas apresentações americanas.

Rosa Passos, que neste ano completa 36 anos de carreira, tem 17 discos gravados. O mais recente, “Samba Dobrado”, é dedicado à música de Djavan.

Nesta apresentação no Teatro Etapa, Rosa Passos estará acompanhada de um trio da mais alta qualidade musical: Fábio Torres (piano), Paulo Pauleli (baixo) e Celso de Almeida (bateria).

Trio Corrente
“O Trio Corrente é o feliz encontro de três músicos que pensam e sentem a música da mesma maneira, assim como dela esperam coisas parecidas. Unidos estamos também por nossas referências, nossas memórias musicais: em cada nota tocada, tacitamente concordamos sobre o suingue inimitável de Cesar Camargo Mariano, Luizão Maia e Paulo Braga ao acompanhar Elis Regina nos anos 70 ou ainda sobre os mistérios insondáveis produzidos por Herbie Hancock, Ron Carter e Tony Williams ao acompanhar Miles Davis nos anos 60″.

É assim que Fábio Torres (piano), Paulo Pauleli (baixo) e Edu Ribeiro (bateria), consagrados instrumentistas paulistas, definem a reunião no Corrente, grupo criado na melhor tradição dos trios brasileiros que combinam o jazz com o samba, como o Zimbo e o Tamba.

Os ganhadores do Grammy 2014 de melhor álbum de Jazz Latino – por “Song For Maura”, gravado em parceria com Paquito D’Rivera – vêm ao longo dos últimos nove anos criando um som único, marcado pela interpretação criativa de clássicos do choro e da MPB, além de um crescente repertório autoral.

Muito elogiado pelo lendário baixista de jazz Ron Carter, o Trio Corrente tem multiplicado sua colaboração com grandes nomes da música brasileira e internacional, com apresentações e gravações ao lado de Hamilton de Holanda, Leny Andrade, Antony Wilson, Mike Stern, entre outros.

Villa-Lobos Superstar – Pau Brasil e Ensemble SP
Duas vertentes distintas da música brasileira, representadas pelo quinteto instrumental Pau Brasil e o quarteto de cordas Ensemble SP, reúnem-se com o objetivo de reler e redescobrir de forma original a música do grande Heitor Villa-Lobos.

Neste concerto, Villa-Lobos é reinterpretado privilegiando composições que têm origem na música popular e folclórica brasileira, levando o ouvinte a uma belíssima viagem pelo seu universo musical.

Assim, a maioria das composições não é apresentada em sua versão original, mas em adaptações que permitem aos músicos voos de improvisação e criatividade, ainda que fiéis às ideias originais do compositor.

Nelson Ayres (piano), Rodolfo Stroeter (baixo), Paulo Bellinati (violão), Teco Cardoso (sopros) e Ricardo Mosca (bateria) integram o Pau Brasil que desde 1978 vem atuando como uma das mais destacadas formações da música instrumental contemporânea do Brasil.

Com carreira nacional e internacional, o grupo promove uma sonoridade única, transitando entre o primitivo e o contemporâneo. A capacidade de improvisação de seus integrantes e a referência brasileira permanente faz do Pau Brasil um dos patrimônios vivos da música brasileira.

Marcelo Jaffé (viola), Betina Stegmann (violino), Nelson Rios (violino) e Bob Suetholz (violoncelo) são os componentes do Ensemble SP, quarteto de cordas com intensa atividade no Brasil e no exterior, que se distingue pela qualidade de seus integrantes e pelo pluralismo de seu repertório.

Toninho Ferragutti e Marco Pereira
O violão e o acordeom talvez sejam os instrumentos mais populares do Brasil. Ao longo de toda a nossa história musical, foram marcantes na formação de gêneros e estilos e ainda hoje continuam presentes de Norte a Sul do país.

Marco Pereira e Toninho Ferragutti, dois dos principais representantes desses instrumentos, se uniram para provar que em dueto, o pinho e o fole permitem uma riquíssima experiência artística.

A ideia surgiu no início de 2013 quando foram convidados para participar de uma oficina de música e a organização sugeriu que a dupla realizasse um concerto. A proposta acabou recolocando no palco amigos que há anos não tocavam juntos.

O repertório valoriza os temas autorais e traz ainda releituras de Dorival Caymmi, Ernesto Nazareth e outros grandes mestres.

É um dueto que permite a construção de uma harmonia densa, com muitos contornos melódicos, unindo a linguagem da música erudita, a improvisação do jazz e a articulação rítmico-melódica da música popular brasileira.

Swami Jr.
Quem acompanha a carreira deste brilhante violonista, baixista, compositor, arranjador e produtor nascido em São Paulo, sabe que mundos musicais aparentemente separados, como o do choro, o da MPB ou o do jazz, convivem há muito tempo em sua obra.

Em três décadas de carreira profissional, Swami já tocou choro com a banda Xoro Roxo, forró, samba e outros ritmos dançantes com a banda Mexe com Tudo e acompanhou cantores e compositores da MPB como Ná Ozzetti, Danilo Caymmi, MPB4, Dominguinhos, Chico César e Zé Miguel Wisnik.

Apresentou jazz e releituras de clássicos da música brasileira com a cantora Luciana Souza e com os guitarristas Chico Pinheiro e Anthony Wilson.

Por sete anos, acompanhou a mundialmente famosa Omara Portuondo, diva da trupe Buena Vista Social Club por diversos países, como diretor musical e violonista.

Virtuose do violão de 7 cordas, Swami Jr. segue firme a trilha de seus grandes mestres Dino Sete Cordas e Jacob do Bandolim e se consolida como um dos artistas mais versáteis e criativos do cenário musical atual. Swami Jr. será acompanhado pelos ótimos instrumentistas Alexandre Ribeiro na clarineta e Douglas Alonso na percussão.

Programação
22/08 (sexta-feira), 20h – João Donato e Trio
23/08 (sábado), 20h – Marco Pereira & Toninho Ferragutti
24/08 (domingo), 19h – Rosa Passos e Trio (Entrada Gratuita)
29/08 (sexta), 20h – Villa-Lobos Superstar (Pau Brasil & Ensemble SP)
30/08 (sábado), 20h – Trio Corrente
31/08 (domingo), 19h – Swami Jr. Trio (Entrada Gratuita)

Serviço
8º Festival ETAPA de Música de Arte
Quando: 22 a 31 de agosto/2014
Onde: Teatro ETAPA (Valinhos)
Endereço: Av. Dr. Antônio Bento Ferraz, 95 – Valinhos/SP
Site: www.etapa.com.br/festival
Ingressos: R$ 30,00 (inteira); R$ 15,00 (meia)
Classificação etária: 10 anos
Acesso a pessoas com necessidades especiais
Estacionamento gratuito no local

Pontos de venda sem taxa de conveniência
• ETAPA Av. Dr. Antônio Bento Ferraz, 95 – Valinhos/SP Horário de venda: de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h; sábado, das 8h às 12h.

• FNAC Parque Dom Pedro Shopping – Av. Guilherme Campos, 500 – Campinas/SP Horário de venda: de segunda a sábado, das 10h às 20h; domingo e feriado, das 12h às 18h.

Pontos de venda sujeitos à taxa de conveniência
• Ingresso Rápido (Pontos de Venda)
http://www.ingressorapido.com.br/pontosvenda.aspx?UF=SP

Pela Internet
Ingresso Rápido (sujeito à taxa de conveniência)
http://www.ingressorapido.com.br/Evento.aspx?ID=34937

Entrada gratuita: shows dos dias 24 (Rosa Passos e Trio) e 31 de agosto (Swami Jr. Trio). Retirada de ingressos duas horas antes do início das apresentações, na bilheteria do ETAPA, em Valinhos/SP

Formas de Pagamento
• Amex, Aura, Diners, Dinheiro, Hipercard, Mastercard, Redeshop, Visa e Visa Electron.

*Meia-entrada: Ingressos de meia-entrada são pessoais e intransferíveis.
• Estudantes: apresentar Carteira de Identidade Estudantil na entrada do evento
• Professores da Rede Estadual, Aposentados e Idosos acima de 60 anos: apresentar RG e comprovante.

**Ingresso Promocional: 20% de desconto para compra de 4 ou mais ingressos de no mínimo 2 apresentações do festival. Venda limitada a 4 ingressos por apresentação por cliente. Promoção não válida para meia entrada.



-->