Graffitti, pontilhismo, instalação, gravuras, tape art. É neste formato que a pluralidade de expressões artísticas estará reunida, a partir do dia 15 de março (terça-feira), na coletiva “Multiplicidade”, da qual fazem parte uma nova geração de artistas de Campinas. A mostra que segue até 15 de abril, é uma iniciativa da Urban Arts Campinas e acontece em sua nova sede localizada à rua Dr. Emílio Ribas, 906, no bairro do Cambuí. O vernissage começa às 19h e é aberto ao público. O evento contará com o DJ Beat Flavor e o dueto Vipi Jazz; e ainda Wine e Food Trucks.

“O tema será explorado em diferentes estilos artísticos para contar ao público que passar pela nova galeria os variados sentidos e formas que a palavra Multiplicidade pode revelar”, enaltece Rachel Bratfisch, que comanda a Urban Arts Campinas.

Os nove artistas da coletiva estão em uma nova fase. Biel Siqueira, desta vez, mostrará um trabalho em madeira em formato de mandala rico em detalhes e cores; gravuras minuciosamente desenhadas serão apresentadas por Dibis (Diego Arruda); Antonella e Júlia Scavone deixam as telas para expressar suas inspirações na natureza em papel, com a técnica de pontilhismo (pequenas manchas ou pontos); a artista plástica Karla Bratfisch trará o abstrato em sua nova série em desenvolvimento. Luciana Pupo chega à nova galeria com uma visão renovada de seu trabalho que envolve aquarela e formas geométricas; a joalheira Marina Rodrigues inova nas paredes da galeria Urban Arts com sua investida em tape art (desenhos geométricos feitos com a ajuda de fitas adesivas que dão uma impressão de 3D). A coletiva ainda terá uma instalação montada pelo artista plástico Rogo (Ronam Gonçalves) e o ilustrador e grafiteiro Ots que irá presentear o lançamento da exposição com a pintura de uma tela ao vivo.

Com o espaço mais amplo de sua nova sede, a galeria Urban Arts de Campinas pretende intensificar a busca e revelação de novos talentos da cidade e da região com exposições, worshops, palestras entre outras diferenciadas ações voltadas tanto à arte quando à decoração de ambientes.

ARTISTAS
Antonella e Júlia Scavone
Antonella e Júlia Scavone além de serem mãe e filha, respectivamente, compartilham da mesma intimidade com as cores e o talento pela pintura. Produzem juntas há mais de dois anos. Antonella com seus traços delicados e Júlia com os desenhos ricos em detalhes apresentam obras criadas a partir dos estudos inspirados na natureza.


Biel Siqueira
Arquiteto, Biel é focado no grafite para o qual utiliza diversas e inovadoras técnicas. Fugindo à regra, ele teve seu primeiro contato com o spray em pinturas residenciais e de empresas e não na rua, como é comum no meio do grafite. Aprimorou sua técnica para ambientes internos, unido o estilo de pintura à arquitetura e ao design de interiores. Apesar de ter como foco principalmente o grafite, Biel Siqueira é um artista que possui grande domínio no uso de técnica mista, que se utiliza de diversos tipos de materiais e variados tipos de substratos para atingir o resultado.

 

 

 

 

 

Dibis (Diego Arruda)
Artista de Campinas que se inspira na natureza, principalmente a natureza humana. Mudando de um estilo literal para desenhos com maior nível de entropia, nessa coleção, ele explora os movimentos do inconsciente em relação ao tempo, como seriam emoções encavaladas e a influência delas conforme os dias passam, dando mais (ou menos) atenção para esses sentimentos. Inspirado em Nietzsche, o artista usa o nanquim na maioria de suas obras, tanto pela estética, como pelo conceito do material ser extremamente potente quando se trata de coloração, intensificando seus trabalhos. Dibis transparece isso nas obras expostas, representando experiências próprias no papel.

Karla Bratfisch
Karla Bratfisch nasceu na cidade de Campinas/São Paulo em 1992. Desde a infância demonstrou seu interesse pela arte e pelas cores. Antes mesmo de terminar o ensino médio, aventurou-se em suas próprias técnicas como artista plástica. Finalizou sua primeira coleção em 2009, dando início assim à sua carreira. Nos anos seguintes dedicou-se aos cursos de Artes Visuais, Artes plásticas e Design de Interiores. Em 2011, fez sua primeira turnê internacional, expondo pela Europa e Estados Unidos. Depois disso, seguiu fazendo exposições pelo Brasil, passando por Natal, Salvador, Rio de Janeiro e São Paulo. Atualmente, a artista vem aprimorando sua técnica e descobrindo novos caminhos para seu trabalho, desenvolvendo séries com colagens e fotografia, além de se dedicar a projetos sociais e culturais.

Foto: Carol Munhoz

Luciana Pupo
Com traços milimétricos precisos, repetidos em profusão e em padrões inusitados, a artista visual Luciana Pupo extravasa sua arte contemporânea, com um pé na pop art e outro no encantamento dos sentidos. A artista trabalha com a reprodução de diminutos elementos, impondo o preto ao branco livre da tela, em compulsão, o que resulta numa textura impactante. Seu trabalho remete, muitas vezes, às filigranas ou às rendas artesanais mais elaboradas, sem cair na monotonia de um único padrão. As cores de Luciana, às vezes, apresentam-se leves, como se uma tinta aquarelada entornasse sobre o papel, fingindo-se véu de seda. Já, em outras, elas são gritantes, bem delimitadas, mostrando-se soberanas ao preto no branco da textura.

Marina Rodrigues
Formada em Joalheria e Produção de Moda, Marina Rodrigues é uma criadora obstinada, inspirada em gestos e músicas que se encontram por meio de suas artes manuais. Traz um mundo de vestir almas em autoestima, e possibilidades a pessoas que buscam seu estilo próprio. Sempre inovando em suas inspirações, busca o atendimento personalizado e único, atendendo a pedidos exclusivos e específicos desde 2009. As peças escolhidas a dedo e feitas manualmente, compõem materiais banhados, unidos a couro legítimo, pedras naturais, resinas facetadas importadas, cristais swarovski e correntarias.

 

OTS (Tiago Almeida Barretto)
Ilustrador e grafiteiro. Uma das características mais marcantes da obra do artista o acompanha desde a infância: a habilidade de criar personagens inesperados. Outra particularidade dos desenhos de Ots deriva de um movimento artístico muito admirado por ele, o cubismo. Assim, inventa e reinventa formas, cores e até texturas. A peculiaridade do estilo consagrou o ilustrador em Campinas. Além de ser formado em Design Gráfico, Ots fez cursos variados de ilustração, pintura, roteiro, quadrinhos, semiótica, storytelling, sequência, de perspectiva e ilustração de mercado. Entre os diferentes tipos de trabalho que o artista produz, se destacam a ilustração publicitária, história em quadrinhos, animação, quadros, customização, concept art, storyboard e graffiti. Foto: Pedro Ferrarezzi

 

Rogo (Ronan Gonçalves)
Suas pinturas, desenhos, objetos e intervenções performáticas abordam as questões do homem como ser que constrói com pensamentos o complexo urbano. O artista plástico fluminense nasceu no ano de 1984 na cidade de Rio das Flores, mudou-se para o estado de Goiás ainda na infância onde viveu até 2000. Dois anos depois, já no caminho das artes entrou na PUC Goiás no curso de Design e Arquitetura e Urbanismo até o ingresso ao curso de Artes Visuais na Universidade Federal de Goiás em 2013.

Foto: Lu Barcelos

SOBRE A URBAN ARTS
A Urban Arts Campinas faz parte de uma rede de galerias que se tornou uma referência no mundo da arte digital e ilustração. Em 2011 abriu a primeira loja física, na Oscar Freire na cidade de São Paulo e de lá pra cá não parou mais. Hoje já são 16 lojas físicas, além do site, que não param de crescer. A rede Urban Arts tem, atualmente, mais de 1.000 artistas ativos, expondo seus trabalhos.

Rachel e Karla Bratfisch comandam a curadoria e administração da loja campineira que, além do formato diferenciado de vernissages com atrações musicais e gastronômicas, também apresenta agenda própria de eventos, com parcerias, exposições, Design Day, Pet Lovers e outros.

A Urban Arts é uma galeria de arte diferente das outras. Oferece essencialmente trabalhos digitais de artistas, designers e ilustradores de todo o mundo. O intuito é dar oportunidade para novos talentos, divulgando e incentivando a evolução de seus trabalhos.

Há dois anos na cidade, a galeria passou por reestruturações desde que mãe e filha assumiram o negócio, ao final de 2014. Além da recente reorganização da equipe, que desde janeiro conta com a arquiteta Lais de Luna como gerente, a proposta da Urban Arts Campinas também foi atualizada.

Serviço
Vernissage Exposição “Multiplicidade” – Novos talentos de Campinas
Quando: 15 de março (terça-feira), às 19h
Entrada gratuita e aberta ao público
Período da exposição: de 15 de março a 15 de abril
Local: Urban Arts Campinas
Novo Endereço: Rua Dr. Emílio Ribas, 906 – Cambuí – Campinas/SP
Horário de funcionamento da loja: de segunda a sexta, das 10h às 19h; sábado, das 9h às 17h
Telefone: (19) 3294-1922
Site: http://www.urbanarts.com.br/
Facebook: https://www.facebook.com/urbanartscps/timeline



-->